04.09.2018 | 16h41

Amoêdo recebe um ‘troco’

Candidato mais rico destas eleições, com R$ 425 milhões declarados ao TSE, João Amoêdo recebeu R$ 130 mil de nomes ligados a bancos, segundo mostra dados do TSE nesta tarde de terça, 4: Fernão Carlos Botelho Bracher (R$ 50 mil), ex-presidente do BC; Anis Chacur Neto (R$ 50 mil) do Banco ABC Brasil, e José Eduardo Cintra Laloni (R$ 30 mil).

Doações de pessoas físicas são legais, desde que respeitem o teto de 10% do rendimento bruto do doador do ano anterior à eleição. O TSE mostra que foram doados ao candidato R$ 521 mil.


Mais conteúdo sobre:

João Amoedoeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO