08.08.2018 | 08h52

Amoêdo e a abordagem de ‘outsider’

João Amoêdo questiona a impressão de que não há um ‘outsider’ disputando essas eleições depois das desistências de nomes como Luciano Huck e Joaquim Barbosa. “O que eu sou na política, se não um outsider?”, perguntou o engenheiro em entrevista ao Globo.

Amoêdo afirma que acredita em sua governabilidade caso eleito e não nega que negociaria com o Congresso. O candidato do Novo à Presidência afirma que sua eventual eleição seria um reflexo de que a mensagem de renovação foi difundida e, portanto, o próprio Congresso estaria renovado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO