08.09.2018 | 16h39

Ameaças de Garotinho

Condenado por formação de quadrilha pela segunda turma do TRF-2, no Rio, o candidato ao governo pelo PRP, Anthony Garotinho, afirmou à Folha que tornará público novos fatos, “se necessário”, na esperança de que a decisão sobre o indeferimento de sua candidatura seja revertida.

“O juiz Marcelo Leonardo (da primeira instância) tem como irmão um coronel da PM que estava lotado no gabinete do (ex-secretário de Segurança) José Mariano Beltrame e era árbitro de futebol da Fifa, quando o sr. Ricardo Teixeira, da CBF, era meu inimigo declarado. Quanto à condenação agora (na 2ª instância), há outros fatos que tornarei público se necessário”, disse.


VOLTAR PARA O ESTADÃO