10.07.2018 | 16h38

Ameaças a Moro serão investigadas

Quem ameaçou o juiz Sérgio Moro acreditando estar protegido pela anonimato da internet pode se dar mal. A Polícia Federal deve investigar a nova leva de mensagens prometendo “matar” o responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba que surgiram após a interferência de Moro na tentativa petista de libertar Lula. Segundo o Blog do Fausto, a apuração se dará junto de um inquérito antigo, que já estava em andamento.


Alguns dos tuítes que ameaçam Moro foram compartilhados pelo juiz Marcelo Bretas, que coordena os casos relacionados a Lava Jato no Rio. “O que dizer sobre essas mensagens abaixo? A Justiça Brasileira não pode ser usada como instrumento de disputas políticas”, escreveu  Bretas.

VOLTAR PARA O ESTADÃO