25.09.2018 | 12h07

Alternativa aos populismos

“Como disse recentissimamente Antonio Carlos Magalhães Neto, em nenhuma eleição nossa opção haverá de ser entre uma prisão e uma facada! Essa escolha seria expressiva dos extremismos que nos invadem, tomam conta dos nossos eleitores hoje, aqui, agora, entre nós”, escreveu Eros Grau no Globo.

O ministro aposentado vê riscos nas duas opções que se encaminham para o segundo turno da eleição e sentencia a necessidade de escaparmos dos extremismos. Precisamos buscar uma alternativa à polarização entre os populismos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO