28.07.2018 | 18h31

Alianças da velha política

“Cinco anos e uma Lava Jato depois, e a 71 dias da eleição, a velha política mostra sua pujança”, escreve Ranier Bragon na Folha. O colunista avalia que as alianças, por enquanto, mostram que pouco deve mudar no nível nacional e estadual.

“Não satisfeitos, a maioria desses políticos carrega nos coletes vices os mais maleáveis possíveis, enquadráveis em qualquer molde, de empresário-flex a príncipe sem trono. Uma piada muito divertida, não fosse o fato de que três vices assumiram o leme do país desde 1985.”


Mais conteúdo sobre:

aliançasíndice de renovação
VOLTAR PARA O ESTADÃO