19.02.2019 | 10h28

Aliados de Carlos Bolsonaro no Planalto

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), visto como pivô da crise que derrubou o ministro Gustavo Bebianno, mantém pelo menos quatro aliados na órbita do presidente Jair Bolsonaro, seu pai, no Planalto. Ele comanda um grupo que atua nas redes sociais da Presidência da República e tem com acesso às contas pessoais do presidente.

Seriam da cota de Carlos no Planalto, segundo ministros ouvidos pelo Estadão, Tercio Arnaud Tomaz e José Matheus Sales Gomes, ambos ex-assessores do vereador na Câmara Municipal do Rio. Sem contar o primo Leonardo Rodrigues de Jesus, conhecido como Léo Índio. O quarto aliado é Filipe Martins, nomeado como assessor da Presidência para assuntos internacionais.


VOLTAR PARA O ESTADÃO