15.04.2019 | 19h49

Alckmin vai para o banco dos réus

O ex-governador Geraldo Alckimin foi para o banco dos réus nesta segunda-feira, 15. O tucano é acusado de improbidade administrativa em ação aberta pelo juiz federal Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo. Segundo informações do Blog do Fausto, além de Alckmin estão envolvidos o ex-tesoureiro de campanha Marcos Monteiro, a Odebrecht, e quatro de seus ex-executivos no caso que envolve supostos R$ 7,8 milhões para a campanha do tucano, em 2014. Foram também bloqueados R$ 39,7 milhões dos investigados.


Mais conteúdo sobre:

Geraldo AlckminPSDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO