04.08.2018 | 12h20

Sem ‘dividida’ no programa tucano

Com a maior coligação de partidos da história do PSDB, o programa de governo de Geraldo Alckmin tenta evitar polêmicas. O  documento, que será entregue na quarta-feira, 8, ao TSE, trata de forma superficial temas que possam “criar atritos” com a longa lista de aliados obtidos por Geraldo Alckmin, incluindo a solução para “os males da corrupção”, políticas LGBT e descriminalização das drogas. Confira no Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO