05.07.2018 | 14h18

Alckmin quer ser Regina Duarte

O ex-governador Geraldo Alckmin, pré-candidato à Presidência pelo PSDB, voltou a reafirmar, segundo reportagem do Valor, que a campanha só se definirá mesmo nos últimos 30 dias da propaganda eleitoral. Para sustentar sua tese, ele cita a recente eleição suplementar ao governo de Tocantins, na qual os candidatos que lideravam 30 dias antes sequer foram para o segundo turno.

No momento, segundo Alckmin, até o eleitor paulista acha que ele ainda é governador do Estado e só quando entrar a TV é que ele será reconhecido como candidato a presidente. “A televisão faz como se a gente fosse a Regina Duarte, a Deborah Secco”, afirmou. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO