02.10.2018 | 13h35

Alckmin: ‘O PT não tem limites’

Ao comentar as informações da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci, divulgadas na segunda-feira, 1º, o presidenciável Geraldo Alckmin disse que elas mostram um quadro ainda mais sinistro do que se imaginava.

“Que o PT quebrou o país para ganhar a eleição nós já sabíamos. A delação de Palocci revela que a trama criminosa para a perpetuação do partido no poder é muito pior do que se pensava. Eles não têm limites”, afirmou no Twitter. “É nosso dever trabalhar para impedir que voltem ao poder.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO