20.04.2018 | 15h19

Alckmin, o otimista

Geraldo Alckmin se apoiou na entrevista dada por Fernando Henrique Cardoso ao Estadão para apostar que seus números nas pesquisas vão melhorar e sua candidatura começará a decolar. Na entrevista, FHC lembrou que em abril de 1994 tinha 11% e Lula tinha 40% e ele acabou vencendo no primeiro turno em outubro.

“Concordo com FHC, é muito cedo para se basear nas pesquisas. Os números vão mudar conforme a campanha começar”, disse. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO