28.03.2018 | 08h56

Alckmin no encalço dos votos de Bolsonaro?

Causou estranheza em adversários e aliados a declaração de Geraldo Alckmin de que o PT “colhe o que planta” diante da ocorrência de um ataque a dois tiros a ônibus da caravana de Lula pelo Sul.

A escalada retórica, estranha ao costumeiro tom apaziguador do tucano, foi considerada um ensaio de Alckmin de uma postura mais firme, de olho nos votos de Jair Bolsonaro. Auxiliares reconhecem que será necessário modular as declarações, porque essa, relativizando um ato de violência contra um adversário, foi considerada “desastrosa” internamente. / V.M.


Mais conteúdo sobre:

Eleições 2018Geraldo AlckminLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO