20.09.2018 | 14h33

Alckmin associa Bolsonaro a Chávez

A programa de Geraldo Alckmin no horário eleitoral na noite desta quinta-feira vai apostar em apontar risco da eleição de Jair Bolsonaro para a economia e para a democracia. A propaganda começa explorando a proposta de reforma tributária de Paulo Guedes dizendo que ela significaria que pobres pagarão mais imposto. “Se Bolsonaro for eleito, prepare seu bolso”, diz a peça.

Em seguida, o programa foca na Venezuela, dizendo que o País vizinho era muito semelhante ao Brasil, mas mergulhou no caos após fazer uma escolha eleitoral errada. “A democracia morreu de vez. Com Chávez, começou uma ditadura que dura até hoje”, diz a propaganda até aqui mais ideologizada dos tucanos, que traz testemunhos de uma refugiada venezuelana dizendo que Chávez “prometeu acabar com a corrupção, mas criou novos corruptos”. / V.M.

 

 


 

VOLTAR PARA O ESTADÃO