30.05.2018 | 19h27

AGU quer multa maior para petroleiros

A Advocacia-geral da União quer que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aumente a multa estipulada para petroleiros que descumprirem a liminar e entrarem em greve. A multa é de R$ 500 mil, mas o órgão quer que passe para R$ 5 milhões.

O TST emitiu uma liminar na noite da última terça-feira, 29, declarando ilegal a greve dos petroleiros prevista para começar nesta quarta.  A FUP (Federação Única dos Petroleiros) informou que a greve da categoria começou e que não vai “arregar” para a Justiça do Trabalho.


VOLTAR PARA O ESTADÃO