21.03.2018 | 06h19

Aécio não deve ser candidato

Vera Magalhães

Mais um nome do primeiro time da política deve ser tirado de cena pela Lava Jato: é quase certo Que Aécio Neves, menos de quatro anos depois de ter mais de 50 milhões de votos para presidente da República, não seja candidato a nada em outubro. Na coluna de hoje no Estadão conto como a retirada do tucano está sendo construída por seus advogados e pelo grupo político a que ele pertence.

Sem Aécio, Antonio Anastasia fica liberado para montar sua chapa com os partidos que devem apoiá-lo — e se livra do desgaste de ter de defender o aliado, denunciado por corrupção passiva e obstrução à Justiça.


VOLTAR PARA O ESTADÃO