28.03.2018 | 18h58

Juristas prestam apoio a Fachin

Entidades que representam juristas cobraram a apuração das ameaças ao ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin e família.

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) considerou o ocorrido “inaceitável”. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, afirmou que a entidade vai acompanhar o caso com atenção. Já a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) considerou o fato “inadmissível” e disse que “ameaça, coação e violência” contra membros do STF “põem em risco o estado de direito e têm de ser apuradas e punidas severamente”.


Mais conteúdo sobre:

Edson FachinOABAMBANPR
VOLTAR PARA O ESTADÃO