17.08.2018 | 20h31

Adolescentes acima das ideologias

Em tempos de polarização política e banimento de páginas nas redes sociais, em especial da direita, a ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei Ana Paula Henkel conta uma história reconfortante em seu blog no Estadão. Ela envolve um grupo de adolescentes americanos e canadenses que criou um perfil muito popular no Instagram — o rightwingism (direitismo), um espaço para discussões de diferentes temas a partir de várias perspectivas.

Banidos de repente pelo Instagram, sem nenhuma justificativa aparente, os garotos do rightwingism receberam o apoio de teens de todo o espectro ideológico, que criaram páginas no mesmo estilo na rede. Nesta semana,  após inúmeros pedidos, o Instagram finalmente devolveu os perfis bloqueados aos donos. “Há esperança”, diz Ana Paula. “Ainda há muito a fazer para garantir a liberdade de expressão nas plataformas digitais, mas a união dos jovens de diferentes ideologias deixou minha semana mais doce.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO