01.10.2018 | 19h54

Ações do BTG em queda com Palocci

A divulgação de parte do conteúdo da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci, na qual ele menciona o enriquecimento ilícito de uma instituição financeira em negociações envolvendo a exploração de blocos de petróleo na África, tiveram efeito imediato no mercado financeiro. Segundo reportagem do Valor, as revelações de Palocci, divulgadas nesta segunda-feira, 1º, provocaram queda de 3,4% nas ações do BTG Pactual, banco que comprou metade da PetroAfrica, pertencente à Petrobrás, em 2013.

Embora o trecho liberado da delação não cite nominalmente o BTG, Palocci diz que teria havido “sistemático e longínquo pagamento de vantagens indevidas ao Partido dos Trabalhadores” por parte da instituição, em troca de vantagens empresariais. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO