12.09.2018 | 07h47

Ações de procuradores na mira

A corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público vai apurar se as denúncias apresentadas por promotores e procuradores na reta final da eleição configuram atuação política, informa a colunista Mônica Bergamo na Folha. O pedido foi feito pelo conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, que cita ações propostas nas últimas semanas contra Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Beto Richa (PSDB-PR).

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO