16.10.2018 | 16h41

ACM enfraquecido na Bahia

A decisão de ACM Neto, presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, de não se candidatar ao governo da Bahia enfraqueceu o seu grupo político. Segundo reportagem da Veja, a oposição ao governo do PT no Estado viu o número de suas cadeiras cair tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara dos Deputados.

Além disso, o governador Rui Costa foi reeleito com 75% dos votos, derrotando o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo, também do DEM, e seus aliados conquistaram as duas cadeiras em disputa para o Senado.“O governador tinha uma gestão bem avaliada, mas a oposição também não conseguiu construir uma candidatura competitiva”, disse o cientista político Paulo Fábio Dantas Neto, da Universidade Federal da Bahia. “Sem dúvida, ACM Neto seria uma candidato mais competitivo.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO