06.01.2019 | 12h50

Abono para quem detectar fraudes

Uma das inovações administrativas que o governo Jair Bolsonaro pretende estabelecer é o pagamento de abonos para funcionários públicos que detectarem fraudes em pagamento de benefícios, informa a Folha. A bonificação deve constar da medida provisória que será encaminhada ao Congresso para rever benefícios pagos pelo INSS, como seguro-desemprego.

O bônus seria de R$ 57,50 a técnicos e analistas do seguro social que identificarem irregularidades em aposentadorias e pensões. O governo fala em economizar R$9,3 bilhões por ano apenas corrigindo essas distorções –já descontado o extra pago aos “caça-fraudes”.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO