24.05.2018 | 13h26

Abafa o caso

O deputado Marcos Rogério (DEM-RO) questiona no TSE se um réu em ação penal na Justiça Federal  pode ser candidato à Presidência. Entre os pré-candidatos hoje no País, Lula e Jair Bolsonaro respondem a ações penais.

A área técnica do tribunal, no entanto, recomenda que ministros rejeitem a consulta do parlamentar, segundo informa o site Jota. “Não se sabe aqui qual o objeto da ação penal em curso e a instância do Poder Judiciário na qual tramita, o que faz com que o desfecho das indagações antecipe ilação sobre situação concreta que somente poderá ser aferida na data ou após a realização do pleito eleitoral.”


Mais conteúdo sobre:

TSEMarcos Rogério
VOLTAR PARA O ESTADÃO