04.04.2018 | 08h31

A vontade de fazer Justiça

Integrante da força tarefa da Lava Jato, o procurador Roberson Pozzobon desejou “que os 11 ministros do STF tenham acordado hoje, com vontade de fazer Justiça”.

O procurador acha que isso é necessário “para consolidar um Brasil onde o Direito Penal não seja de “faz de conta” para ricos e poderosos, no qual corrupção e impunidade não andem de mãos dadas”. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

supremohc de lulaRoberson pozzobon
VOLTAR PARA O ESTADÃO