07.11.2018 | 18h17

A vida tucana na Alesp em 2019

O PSDB acredita que conseguirá manter uma vida relativamente tranquila em um de seus principais ninhos no País: a Assembleia Legislativa de São Paulo (o que facilitaria a vida do governador João Doria). A coligação PSDB-PSD-DEM-PP-PP-PRB elegeu 27 dos 94 deputados, mas a expectativa é que consigam formar uma base de até 68 parlamentares. Os favoritos para assumir a liderança do partido são os quatro tucanos reeleitos (tirando o presidente da Casa, Cauê Macris, que deve conseguir um novo mandato): Carlão Pignatari, Maria Lúcia Amary, Analice Fernandes e Marcos Zerbini.


Mais conteúdo sobre:

AlespPSDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO