25.11.2018 | 18h27

A velha guarda de Chicago no poder

Boa parte da equipe do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, forjou seu pensamento na Universidade Chicago, nos Estados Unidos, uma referência do liberalismo no mundo. Fazem parte da lista os futuros presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, do BNDES, Joaquim Levy, e do Banco do Brasil, Rubem Novaes, além do próprio Guedes.

Segundo reportagem publicada pelo Estadão neste domingo, 25, seus principais auxiliares chamam a si próprios nos bastidores de “Chicago oldies” — o mais jovem deles é Levy, com 57 anos –, em referência aos “Chicago boys”, o time de jovens liberais egressos de Chicago que reformou a economia chilena durante o governo Pinochet. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO