25.09.2018 | 17h59

A ‘Torre de Babel’ petista

Gleisi Hoffmann mais uma vez parece não estar conversando na mesma língua que o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad. Quando o assunto de um indulto para Lula já estava morrendo, a presidente do PT diz em entrevista ao Uol que “não veria problema nenhum” caso fosse concedido o benefício ao petista. Isso aí é absolutamente normal. Mas nós vamos respeitar a decisão do presidente (Lula). Se ele não quer, nós vamos aceitar”, disse.

Não é a primeira vez que Gleisi expõe a “Torre de Babel” que é o comitê de campanha petista. Foi a senadora que bateu o pé na decisão de levar a candidatura de Lula as últimas consequências. Ela também não teria “engolido” a indicação de Haddad como substituto de Lula e estaria sentida em não poder mais atuar como advogada do petista e poder visitá-lo a hora que quiser em Curitiba.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO