04.02.2019 | 07h52

A tentação de apostar no varejo

O governo decidiu instalar um posto avançado para colher insatisfações e demandas de deputados e senadores e, assim, evitar a eclosão de crises políticas com o Congresso, informa o Estadão. A ideia é fazer no varejo o manejo das maiorias, sem dar tanto peso às lideranças partidárias.

Governos anteriores, notadamente do PT, tentaram essa negociação que passasse por cima de partidos. No governo Lula 1, diante da dificuldade de que o PMDB se integrasse oficialmente ao governo, teve início o mensalão, denunciado em 2005 por Roberto Jefferson. A negociação no varejo é sempre arriscada. É como a inflação de alimentos: sujeita à sazonalidade e com risco de inflação descontrolada. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO