10.11.2018 | 10h07

A sacudida nos derrotados

Partidos que tiveram desempenho muito aquém do que previam nas eleições estão passando por fortes discussões internas para rever seus rumos. Essa sacudida já é irreversível no PSDB. O presidente do partido, Geraldo Alckmin, deve abrir caminho para que o grupo mais propósito a João Doria comande os tucanos.

No MDB, que também passou longe do que esperava nas eleições, começa a surgir, especialmente na Câmara, um movimento para colocar o deputado Daniel Vilela (GO) no posto do senador Romero Jucá (RR), segundo informa a Coluna do Estadão.


Mais conteúdo sobre:

MDBPSDBDaniel Vilela
VOLTAR PARA O ESTADÃO