18.11.2018 | 14h43

O ‘chuveiro elétrico’ do PT

Em artigo publicado na Veja desta semana, o colunista José Roberto Guzzo diz que, passado o período das eleições, resolvidas com a vitória de Jair Bolsonaro, vivemos agora o momento de resistência ao resultado das urnas. “Atenção: não se trata simplesmente de fazer oposição. Trata-se de anunciar ao Brasil que os derrotados não aceitam o resultado estabelecido pelos eleitores; não valeu, dizem eles, porque só a gente tinha o direito de ganhar”, afirma Guzzo.

“Levando-se em conta a qualidade da oposição política atual, o que vem à cabeça na hora, quando a palavra ‘resistência’ é utilizada pelo PT, é resistência de chuveiro elétrico ou de chapa para fazer tostex — pois não dá para ninguém pensar a sério, realmente, que o Sistema Lula-­PT-Esquerda vá resistir a alguma coisa gritando ‘Bom dia, presidente Lula’, na frente da cadeia de Curitiba, ou negando-se por ‘tradição democrática’ a cumprimentar o candidato que a população elegeu.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO