07.08.2018 | 08h04

A ‘régua moral’ de Ana Amélia

“Cobre de mim os meus atos.” Assim a senadora Ana Amélia, candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin, responde, em entrevista à Folha, sobre casos de corrupção envolvendo políticos do seu partido, o PP. Ela também se esquivou de responder se o caso de Aécio Neves atinge a chapa, dizendo que se deve perguntar “ao eleitor”. Ainda assim, assegura que sua “régua moral” é a mesma para aliados e adversários, e diz que coloca a mão no fogo pelo companheiro de chapa.


VOLTAR PARA O ESTADÃO