21.11.2018 | 10h31

A regra do jogo na Caixa

Michel Temer decidiu fazer mais um gesto de boa vontade para Jair Bolsonaro antes de lhe passar o comando do País. Segundo informa a Coluna do Estadão, o presidente trabalha para conseguir o adiamento da votação de mudança no estatuto da Caixa. A regra que será discutida retira do presidente da República o direito de nomear quem vai comandar a instituição.

A nova regra atende o que está previsto pela Lei das Estatais, mas Temer se articulou para fazer com que a mudança aconteça apenas depois que Bolsonaro já tiver escolhido o próximo presidente da Caixa.


Mais conteúdo sobre:

TemerCaixa
VOLTAR PARA O ESTADÃO