27.09.2018 | 13h29

A reforma trabalhista de Mourão

O contexto em que o general Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro, chamou 13º salário e adicional de férias de “jabuticabas brasileiras” foi a defesa que ele fez da “implementação séria da reforma trabalhista”, que enumerou como uma das prioridades do governo do candidato do PSL. “Nós sabemos o custo que tem o trabalhador”, afirmou, na palestra na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Uruguaiana (RS).

Segundo ele, os encargos trabalhistas são o maior custo sobre a atividade produtiva. “É sempre aquela visão dita social mas com o chapéu dos outros, não é com o chapéu do governo.” / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO