09.04.2018 | 06h19

A quem serve o sindicato dos jornalistas?

A nota do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo sobre as agressões a jornalistas em São Bernardo nos últimos dias defende muita gente. Mas só de leve os jornalistas. Só os 2 primeiros de 7 itens criticam os atos de violência, mesmo assim atribuídos a “algumas pessoas”, e com defesas da CUT e do Sindicato dos Metalúrgios.

A partir daí a nota passa a dizer que a culpa pelas agressões é, no fundo, das empresas de comunicação, por apoiarem o “golpe” e terem uma linha editorial de “hostilidade às organizações populares”. E que a violência só vai acabar com Lula livre. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO