25.04.2018 | 08h52

Da Vera: A profecia de Cármen

Diante da decisão de terça-feira da Segunda Turma, a presidente do STF, Cármen Lúcia, deve se lembrar de sua frase de alto teor dramático, proferida no julgamento que decidiu manter a prisão de Delcídio Amaral em 2015, no que então era o ápice da Lava Jato:

“O cinismo venceu a esperança. E agora parece se constatar que o escárnio venceu o cinsmo”. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO