20.08.2018 | 12h54

A previsão de Haddad para o 2º turno

Fernando Haddad, vice na chapa do PT e provável substituto de Lula na disputa pela Presidência, acredita em um segundo turno clássico para este ano: PT x PSDB. Mas com uma condição. Em entrevista ao programa Canal Livre, da Band, o petista diz acreditar que Geraldo Alckmin pode estar nas urnas no dia 28 de outubro, mas que precisa antes se desvencilhar sua imagem do governo Temer.

Outra dificuldade para o tucano, diz Haddad, é crescer entre o eleitorado de Jair Bolsonaro e, assim, superá-lo. O petista diz não acreditar em um segundo turno entre os candidatos do PSL e do PSDB, pois “Alckmin só cresce às custas do Bolsonaro.”


Mais conteúdo sobre:

Geraldo AlckminJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO