16.09.2018 | 13h14

A pregação contra o ‘rouba, mas faz’

Marina Silva criticou a tolerância excessiva contra a corrupção que ainda existe dentro da política.

“Eu vejo muita gente repetindo o ‘rouba, mas faz’, ‘rouba, mas é de esquerda’, ‘rouba, mas é de direita’. Não tem que roubar, tem que fazer. E não roubar”, disse a candidata ontem, no Espírito Santo. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marina Silva
VOLTAR PARA O ESTADÃO