12.02.2019 | 12h32

A polêmica sobre Salles e Chico Mendes no ‘Roda Viva’

Mais um Roda Viva de que participo suscita polêmica posterior nas redes sociais. Tenho de rever o programa, porque havia muita gente falando junto e o ângulo da bancada (mais elevado, e muitas vezes com o entrevistado de costas para nós) não me permite afirmar taxativamente, mas não me pareceu que o ministro Ricardo Salles tenha dito que Chico Mendes era irrelevante. Ricardo Lessa, o apresentador do programa, usou os minutos finais para um pinga-fogo que sempre faz. Perguntou o que ele achava de  Mendes.

Salles passou, então a relativizar seu papel, dizendo que havia quem falasse bem e quem falasse mal. Lessa e a jornalista Cristina Serra questionaram quais seriam as restrições, e ele disse que ruralistas dizem que Mendes explorava os seringueiros. Nesta hora, perguntei ao ministro se ele precisava “ideologizar” todas as discussões. Foi então, com mais gente falando e Lessa tentando mudar o tema, que ele disse o “é irrelevante”. A mim soou como que aquela discussão, ou a opinião dele sobre Mendes, era irrelevante, e não o próprio seringueiro –cujo papel, isso é certo, ele tentou relativizar na resposta, mas sem, no entanto, chegar ao extremo de rotulá-lo como irrelevante. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO