19.04.2018 | 06h57

A pobreza do debate

O caso Aécio Neves virou um bom exemplo da falência da política brasileira, opina William Waack em sua coluna no Estadão.

“Onde está a linha que divide a atividade do parlamentar (que inclui, claro, discutir projetos como abuso de autoridade) e a pura e simples bandidagem?”, questiona.


VOLTAR PARA O ESTADÃO