11.04.2018 | 14h12

A oposição segue nadando de braçada

Diante da falta de articulação dos adversários, os partidos de oposição, liderados pelo PT, seguem monopolizando os discursos no Senado e na Câmara, batendo seu bumbo contra a prisão do ex-presidente Lula.

Mesmo representando uma fatia de pouco mais de 100 parlamentares entre 584, ocupam majoritariamente os microfones de comissões e plenários para vender seu peixe da perseguição política contra Lula, enquanto os adversários observam essa ação quase mudos. Às 14h10, por exemplo, Benedita da Silva (PT-RJ) falava na Câmara sobre o assunto e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) cumpria seu papel no Senado. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Congressoprisão de Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO