07.07.2018 | 13h01

A Opinião do Estadão: Vigilância constante

“Diligentes ações do governo federal, com o cancelamento de 220 mil auxílios-doença e aposentadorias por invalidez irregulares ou fraudulentos concedidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), resultaram em uma economia de R$ 9,6 bilhões no Orçamento. O Ministério do Desenvolvimento Social avalia que o valor economizado pode chegar a R$ 15,7 bilhões até o final deste ano com o aumento do número de perícias técnicas.”

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 7.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO