22.02.2019 | 12h03

A Opinião do Estadão: Uma nova crise dos mísseis

“O presidente russo, Vladimir Putin, usou o discurso anual ao Parlamento sobre o estado da União, na quarta-feira passada, para dizer ao presidente americano, Donald Trump, que a Rússia está pronta para desencadear uma nova crise dos mísseis com os Estados Unidos se assim seu colega desejar. Putin referia-se aos 13 dias de outubro de 1962 em que o mundo, em suspense, acompanhou o desenrolar da chamada crise dos mísseis de Cuba.”

Trecho de editorial do Estadão desta sexta-feira, 22.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO