06.09.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: Segue a farra dos privilégios

“Com pouco dinheiro, muita despesa e um déficit previsto de R$ 139 bilhões nas contas primárias (sem juros), o governo ainda vai renunciar a R$ 306,40 bilhões de tributos, no próximo ano, para sustentar benefícios fiscais. Esses benefícios irão em grande parte para os cofres e bolsos de quem menos precisa de favores oficiais.”

Trecho de editorial do Estadão desta quinta-feira, 6.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO