14.10.2018 | 12h00

A Opinião do Estadão: Recursos para o saneamento

“A crise causada pela irresponsável política econômica do governo Dilma Rousseff foi particularmente nociva para o saneamento básico. Os investimentos na área, que já eram insuficientes, caíram em média 9% ao ano entre 2014 e 2016, quando a recessão foi mais aguda. Fazer avançar os projetos já decididos pelos investidores privados e estimular a entrada de novos participantes no setor, indispensável para o cumprimento das metas do Plansab, exigirão do próximo governo pelo menos a manutenção de regras adequadas e claras para as concessões dos sistemas de saneamento básico.”

Trecho de editorial do Estadão deste domingo, 14.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO