03.10.2018 | 17h00

A Opinião do Estadão: Protecionismo de lá e de cá

“O comentário incluiu uma acusação de injustiça em relação a companhias americanas, um mote usado com frequência em relação a países, a tratados e até às normas da Organização Mundial do Comércio (OMC). Em síntese: o mundo trata injustamente os americanos e isso legitima as barreiras impostas pela Casa Branca, o abandono do acordo do clima e a contestação das instituições globais. O trumpismo é ruim, sem dúvida, mas sobra a questão: com ou sem Trump, que tal uma revisão da política brasileira de comércio?”

Trecho de editorial do Estadão nesta quarta-feira, 3.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO