17.10.2018 | 11h57

A Opinião do Estadão: Promessas não reativam obras

“Os dois candidatos à Presidência prometem reativar obras paradas para criar empregos a curto prazo, um objetivo especialmente importante num país com mais de 12 milhões de desocupados. Esse parece um bom começo para um programa de reanimação da economia. Mas cumprir a promessa pode ser muito mais trabalhoso do que indicam os discursos de campanha.”

Trecho de editorial do Estadão desta quarta-feira, 17.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO