22.03.2018 | 05h57

A Opinião do Estadão: ‘O périplo do condenado’

“O ex-presidente acha que é o povo quem deveria julgá-lo, e não a Justiça. Num Estado Democrático de Direito, é absolutamente inaceitável o pedido de Lula, já que todos estão igualmente submetidos à lei. Não cabem exceções ao princípio da igualdade. Seja qual for a história, a origem ou o patrimônio, todos são iguais perante a lei.
É inadmissível, portanto, que o sr. Lula da Silva queira passar por cima da Lei da Ficha Limpa e se candidatar à Presidência da República.”

Trecho do editorial do Estadão nesta quinta-feira, 22.


Mais conteúdo sobre:

Lula
VOLTAR PARA O ESTADÃO