09.01.2019 | 07h00

A Opinião do Estadão: O lugar dos juízes

“Em mais uma iniciativa destinada a impedir que juízes utilizem seus cargos e suas prerrogativas para fazer política partidária e assumir funções no Executivo e no Legislativo, a Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reiterou a proibição de que magistrados atuem em conselhos, comitês ou comissões estranhas ao Poder Judiciário.”

Trecho de editorial do Estadão desta quarta-feira, 9.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO