08.11.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: O diálogo e a ‘prensa’

“O fato de que Jair Bolsonaro foi eleito com quase 58 milhões de votos, por exemplo, não pode servir como argumento para que seu governo se julgue dispensado de dialogar com os eleitos para o Congresso. Tampouco pode considerar que o Congresso deve necessariamente se dobrar à alegada força moral do presidente – que, segundo ele mesmo diz, não irá se render ao toma lá dá cá que notabilizou a relação dos governos anteriores com o Congresso e que foi fortemente repudiado nas urnas.”

Trecho de editorial do Estadão desta quinta-feira, 8.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO