03.11.2018 | 07h00

A Opinião do Estadão: O desemprego e a transição

“As festas de fim de ano poderão ser um pouco mais animadas, graças à criação recente de postos de trabalho, mas o desemprego, embora em queda, continua dificultando uma retomada mais veloz do consumo e da produção. Iniciativas corretas do presidente eleito, apoiadas por seu antecessor, poderão animar os empresários e destravar planos de investimento. Mas ainda há mais esperanças do que certezas sobre como será a transição. Os melhores sinais, por enquanto, são de uma recuperação continuada, mas lenta”.

Trecho de editorial do Estadão deste sábado, 3.


Mais conteúdo sobre:

Editorial Estadão
VOLTAR PARA O ESTADÃO